Friday, March 30, 2007

desestribeiras

Ou as pessoas que me pedem coisa demais, ou eu que ainda não aprendi a ser adulta.

Mas realmente acho que as pessoas tem uma facilidade sem tamanho em PEDIR PEDIR PEDIR. Caralho, vai lá e faz. Minha vida é coordenar o que me é delegado sem por minha vez delegar. Meio complicado, isso. Meio chatinho.

**

Parece que no mundo esqueceram o conceito de “convite”. Eu convido e as pessoas ficam sugerindo mudanças. Convite é convite, não a abertura para opções. Chamei para A, você sugere B e, no pequeno período que dura meu pavio, eu te mando tomar no C.

Fica uma coisa meio assim: oi, você quer ir para meu sítio no sábado? Hum, não dá para mudar seu sítio pra praia, não?

Te foder.

**

Só um teco, mas só um tequiiiinho de mau humor. Vai passar porque hoje é sexta. Mas mesmo sendo sexta foi um dia estressante. Além disso, acordei tonta e sem vontade de sair da cama (por vários motivos, entre eles por estar tonta).

Além das pessoas pedirem coisa demais, eu também não aprendi a ser adulta.

**

Além do fato mais que óbvio ululante de que preciso urgentemente de férias. É sério. Preciso de férias do trabalho, e um pouco de férias de mim, ou do que tenho sido no último mês. Tô cansada, tô cansada. De verdade, tô cansada. Preciso reaprender a ter paciência com os cegos, surdos e mudos. Mas são muitos. E poucos os loucos para contrabalançar.

Falando em férias, meu chefe acabou de vir me dizer que preciso de férias. Me mandou para casa. E disse que além dos meus dias em St Malo eu deveria pegar mais uns dias off. Eu acho que ele está certo. Mas não vou tirar férias agora não. Logo mais, logo mais. Depois de St Malo, só quando meu furacão ruivo chegar.

Eu agüento. Na verdade, agüento muito mais. Só não preciso.

No comments: