Tuesday, November 30, 2010

achei

Mas não vou postar. Meus pais lêem essa joça. Culpem eles!

Monday, November 29, 2010

o efeito Rio

Mas olha, já fazia 8 anos que eu não punha os pés naquela terra e, impressionante, nada muda. As mesmas sensações, os mesmos calores (pouco meteorológicos, diga-se), a mesma estupefação diante daquela cidade.

Jamais moraria no Rio. Por causa do calor, da violência e da malandragem, não nessa ordem. E, principalmente, porque simplesmente não ia prestar. É sensual demais para mim; chega a incomodar. Me comporto de forma estranha, sei lá, é algo naquela brisa dionísica. É algo na malemolência interna, no conforto das sombras, nas cores de Tarsila.

Escrevi sobre o Rio muitos anos atrás em algum lugar, e publiquei, mas não acho mais. Vai ver não é para ser achado. E chega de revirar.

(Pois é, um post do Rio que não fala da recente onda de violência na cidade. Incrível, não? Mas simplesmente não foi a minha experiência, embora estivesse lá na hora mais complicada.)

Thursday, November 18, 2010

purr purr purr

Algumas dedilhadas nas notas mais agudas de um piano ja me fazem chorar. Qualquer apelo desses, que se aproximem de um miado. Onde estao aqueles olhinhos lindos e assustados? Aquela necessidade absurda de ganhar carinho? Aquele brilho hipnotizador?

Me sinto a mae mais relapsa do mundo. Ja se foram suas 6 vidas e eu nem vi passar. Agora a setima parece estar chegando ao fim. Mal posso acreditar. E mal posso acreditar que havia tanto amor dentro de mim para um serzinho tao indiferente ao mundo. Amor eh assim mesmo, incondicional. E acredito muito no ultimo abraco que ele me deu. Eh a ele que me apegarei quando a saudade apertar.

Que o restinho do que falta de voce receba o meu amor e que este te preencha por completo, para que mais nada em voce cause dor, ateh que nada mais cause.

Tuesday, November 02, 2010

Julio

Olha, ateh pensei em montar um blog soh de gatos, tamanha minha obsessao em entender o que tem meu amor. O Juju estah ha duas semanas muito esquisito. Vomitou duas vezes, teve febre duas vezes, estah letargico, quando a Maya tenta brincar com ele ele da uma patada na cara dela, se isola (passa horas debaixo da cama, ai meu coracao), tem tido uns espasminhos pela espinha tambem. Come pouco, bebe quase nada.

O problema eh que hemograma, urina, raio x e ultrassom nao indicam NA-DA.

Alguem me ajuda?

Assinado, mae desesperada.