Sunday, December 12, 2010

my kitty

Acabei nao mencionando aqui, mas meu post purr, purr, purr meio que dava a entender. Meu gatinho Juju morreu. Ele tinha apenas 1 ano e 1 mes de idade. Uma doenca horrorosa, Peritonite Infecciosa Felina, super mortal, super contagiosa, uma daquelas doencas escrtotas que me faz duvidar da existencia de deus.

E ele se foi. Ja nao andava, nao comia, nao ia sozinho no banheiro. Apenas miava fininho, era uma navalha no meu pescoco. E resolvemos tira-lo dessa dor. Ja que nao a morte era inevitavel, uma questao de dias segundo a veterinaria, resolvemos manda-lo para um lugar melhor. Seja onde for, sabemos que a dor acabou, e com ela a navalha na minha garganta. Apenas o coracao eh que parece ter se condensado ao tamanho de um briquete. Eu nao sabia que coracao conseguia ficar tao pequeno a ponto de ser possivel perde-lo dentro do meu corpo.

E os dias passaram, e fui chorando menos a cada dia, ateh que hoje, choro apenas quando lembro demais, quando vejo algumas de suas mais especiais fotos, quando vejo sua irmazinha, Maya, miando desesperadamente por companhia. O tempo ha de curar a todos, mas aquele serzinho vai continuar vivendo e ronronando dentro de mim. Sorte a minha.