Wednesday, May 10, 2006

armisticio

Esse negocio de YouTube.com eh demais. Demais.

Como Linux, como Skype, como blogger, mais uma mostra de que, apesar de ter sido criado pelo capitalismo, ha coisas maravilhosas sem fins lucrativos. Uma prova de que ha caminhos alternatives partindo do capitalismo, e que ha boas intencoes, simples como boas intencoes. Intencoes genuinas de fazer tudo mais acessivel e facil num mundo que depende de tecnologia.

Pronto. Passou meu momento filosofico. Logo volta, adoro falar disso.

**

Hoje estah calor. Passei meu lunch break no parquet, comendo uma saladinha de frango e lendo o livro do Jabor, Amor eh Prosa, Sexo eh Poesia. Eu nao gosto do Jabor. Lendo o livro dele, gosto menos ainda. Os grandes textos do Jabor foram aqueles que rodaram a internet assinados por ele, mas que ele veio a publico dizer que nao escreveu. Ele eh repetitivo. Tem meia duzia de ideias ha 40 anos, e continua falando a mesma coisa, de formas diferentes, e as vezes nem tao diferentes assim. O livro que leio eh de cronicas, e fica claro como ele eh limitado de criatividade. Sempre repetindo frasezinhas de efeito como “namoro de celebridade dura duas edicoes de Caras”. Vira e mexe ele solta essa. Ele deve ter gostado mesmo.

Acho-o chucro, preso ao passado, descontente com o presente. Um daqueles odiaveis saudosistas do Rio dos anos 40, 50, 60. Quaisquer anos desde que nao sejam os de hoje. Nao suporto. Acho que falta vida numa pessoa que vive de vangloriar o passado. Falta entender que o tempo passa, e que nos anos 60 se reclamava porque as coisas nao eram mais como nos anos 20, e assim por diante. Claro que nao sao os mesmos anos. Gracas a Deus! Nao deve haver pior sensacao que a de estar preso no tempo, sem evoluir, sem descobrir, sem conhecer, sem acrescentar.

Desculpa, Jabor, mas eu ja ate achava chato. Agora, alem de chato, eh limitado.

**

E como podem ver, continuo nos meus momentos. Acho que nao eh um bom dia para falar do quanto estou com saudade de todos, principalmente da minha familia, que nao passa um dia sequer sem mandar um email, um telefonema ou aparecer no chat. Voces sabem que tenho andado cabisbaixa e que preciso de carinho neste momento. Voces sabem mais que ninguem. E voces nao me decepcionaram. Me senti incrivelmente acolhida e amada mesmo a milhares de milhas de todos. Logo mais estaremos juntos. Eu e todos voces. Logo mais.

**

Conversa no telefone com a minha irma anteontem:

- Ah, Bi, fica bem… Lembra sempre que eu te amo!
- Eu sei, minha linda, *hip!* eu tambem.
- Ai, voce ta chorandinho, eh?
- Nao, nao, to arrotandinho.

**

Sexta-feira vou ter a famigerada reuniao com meu chefe, onde vamos discutir minha performance na empresa e decidir se viro funcionaria permanente. Ateh hoje, estava no que aqui se chama “probationary period”, em que tanto a empresa quanto voce podem demitir/se demitir com apenas duas semanas de aviso previo. Virando permanente, o aviso previo sobe para dois meses. Voce ganha uma serie de regalias, como bonus ao final do ano, entre outras cositas mas. Vamos ver, vamos ver.

No comments: