Friday, March 13, 2009

mamilo bicado, peh roxo, tubaroes

11/3

Depois de confabularmos muito se iamos ao medico ontem mesmo, resolvemos ver se eu nao acordava melhor hoje. Nao acordei melhor hoje. Mesmo assim, debatemos o assunto. Se formos no hospital em Koh Tao, o medico vai querer imobilizar com certeza. Imobilizar significa nao nadar. E, serio, nao vai rolar ficar sem nadar. Entao se estou certa de que nao quero o peh enfaixado, nao tenho porque ir ao medico.

Simples.

Se piorar a gente resolve, mas pelo menos terei aproveitado ao maximo, dentro das minhas possibilidades, a praia.

Mergulhar, no entanto, ficou fora de cogitacao devido ao risco de DCS (Decompression Sickness). Fora que se houver algo quebrado e juntar uma bolhinha de ar ali nao vai ser divertido. Anyways, existem disastres maiores to be mourned upon.

Tomamos cafeh-da-manha e fomos aproveitar a manha de snorkel. Vimos lagostas, garoupas e mais outros peixes cujo nome desconheco. O apice foi um peixinho todo colorido que estava rondando o corpo do Ale. Eu estava de frente para ele, de maos dadas, quando de repente o peixe chega bem perto do peito do Ale e este se contorce todo de dor. O peixinho safado, que inclusive tem dentinhos, mordeu o mamilo do Ale! Ateh um milimesimo de sangue saiu, judiacao... Ele ficou traumatizado e agora soh faz snorkel cobrindo os mamilos com as maos. Eh claro que gargalhamos muito disso depois. Ficamos imaginando o que o peixinho achou que fosse encontrar ao morder o bico.

Recuperados, continuamos o passeio aquatico ateh o sol comecar a ficar forte demais. Entao fomos para o restaurante beliscar qualquer coisa, nos hidratar e brincar com os muitos gatos fofos, que brigam/brincam o tempo todo. Logo bateu a hora do nosso barco e fomos entao a Koh Tao. Escolhemos a praia de Chalok Ban. Eh menos agitada mas possui amenidades como restaurantes, ATMs, 7-eleven etc. Escolhemos o hotel Tropicana. Baratinho e bonitinho. Ao fazer o check-in, bati o dedinho machucado de novo, dessa vez contra o peh do Alexandre. Vi estrelas. Se eu tinha alguma duvida de que o que acontecera no meu peh era serio, naquela hora nao tinha mais.

Depois de um repouso necessario para recuperar o folego, exploramos a vilazinha fofa em que nos encontravamos.

Terminamos o dia com um jantar delicioso no Ricky's e nossa primeira topada frente a frente com Geckos, os lagartos gigantes daqui. Lindos e simpaticos.

12/3

Depois de uma manha preguicosa e quente, alugamos uma moto e fomos para o “centro”, Sairee Beach. Como mergulhar eh caro e nao poderiamos mais mergulhar por causa do meu peh, resolvemos nos consolar com um equipamento de snorkel decente.

Saimos todos pimpoes e fomos direto mergulhar na Shark Bay. Isso mesmo. Tubaroes. Fizemos snorkel em meio a dezenas de tubaroes black tip (nao sei qual o nome em portugues), alguns com 1,80m, estimamos. Nao vou dizer que nadei sossegada. O tempo todo eu dava uma volta em torno do eixo para ver se nao tinha nenhum tubarao vindo me abocanhar por tras. O Ale pareceu bem mais aa vontade que eu com os doces predadores. Tinha mais uma meia duzia de pessoas fazendo snorkel no mesmo ponto, entao achamos que nao teria problema. E foi tranquilo. Acreditem ou nao, o pior de tudo aconteceu em terra, quando eu tentava me equilibrar sobre uma rocha e bati de novo a porra do dedinho. Estah ficando preocupante.

O local como um todo nao eh muito bom pra snorkel. A visibilidade eh bem fraca e a agua muito quente. Tambem nao ha nada muito diferente de peixes para ver, a nao ser os tubaroes, que sao quem atraem as pessoas para fazer snorkel na area. O negocio eh que depois de Nang Yuan vai ser bem dificil nos surpreendermos com alguma coisa, mas vamos tentando.

Da Shark Bay, voltamos para o hotel e tiramos o sal. Me bateu aquele bodinho que de vez em quando bate e o Ale me mandou ir fazer massagem. Fui e nao me arrependo. Massagem com oleo de coco. Gente, a mulher tem maos magicas e sai de la outra. Massagem tailandesa (de familia, that is) rules.

Depois fomos para o centro novamente, ver como eh a “night”. Cheio de inferninhos e com alguns lugares gostosos a beira-mar. Mas nao estavamos com fome e nem a fim de agito, entao foi mais um passeio de moto mesmo para que o ventinho da noite nos refrescasse. Acabamos jantando no hotel mesmo, que eh bom, barato, e toca Jack Johnson.

13/3

A cada dia que passa o roxo do meu peh cresce. Eu estou tentando bravamente ignora-lo, mas estah dificil.

Depois de uma noite mais ou menos (nosso quarto eh muito quente, mesmo com o ventilador na cara), fomos tomar cafeh no Koppe, que eh meio caro mas tem cafeh bom e ar- condicionado. O Ale estava sem pique de fazer qualquer coisa a nao ser ler na sobra. Eu peguei meu snorkel e nadei ateh a Freedom Beach, depois subi numas pedras (ainda fingindo que meu dedinho nao me pertence) e pulei no mar de novo, onde vi alguns peixinhos, mas realmente a visibilidade, pelo menos nessa parte de Koh Tao, e pelo menos hoje, estava uma bosta. Pelo menos fiz um exercicinho. Devo ter nadado uns 800 metros. Quase nada, mas bem melhor que nada.

Almocamos no hotel e fomos tomar um cafeh e ler no ar-condicionado do Koppe. De la, depois de forte propaganda, o Ale foi na mesma massagista a que fui ontem e se estalou todo, como ele gosta. Voltamos para o hotel atras do ventilador e aqui estou. Em alguns minutos vou ateh o Koppe de novo, usar o wifi deles, publicar este post e ligar pro meu seguro saude. Quero fazer um raio-x desse peh ainda hoje. Wish me luck!

5 comments:

Anonymous said...

Bia,
Teu pé me preocupa, será que não há meio de imobilizar sem impedir que vc aproveite as praias? Um tourniquet de borracha por exemplo?
Acho importantíssimo fazer um raio-X
Melhoras e um grande beijo,

Papai

Isabella Rogatschenko said...

Bia ! Vá cuidar desse pezinho, antes que ele caia ... Vai ser pior fazer turismo perneta ! Lê, preserve seus mamilos, por favor ! Voltem inteiros pro Brasil. Sogra preocupada/Mãe desesperaaaada (Vera)

Anonymous said...

Bandelena, teu pézinho de pãozinho é tão bonitinho... cuida dele, meu amor
beijos, piu

Anonymous said...

eu ando lendo todo dia isso aqui! que vida boa, só fico imaginando vcs aí bem jorge amados, que amados!

meu, os mamilos do ale tão fazendo sucesso na ásia hein?

cuida do pé, bibi!

beijos! aproveitem e não voltem com nenhum tipo de mutilação!

julio mairena

LuSinger said...

Bibinha, repito o que disse no e-mail. PELAMORDEDEUS vá ver um médico e cuidar desse pé. Lembre-se que se ele soldar errado (o que provavelmente ocorrerá se vc. não o imobilizar)você poderá ter problemas para o resto da vida. Não seja tola! POde ser que seja necessário imobilizar só dedinho ou a parte anterior do pé apenas!

Ale... que tal um soutien? ;-)
Besitos,
Mamita/ sogra