Monday, October 29, 2007

kicking mood

Ando violenta. A culpa não é minha, mas dos filmes que tenho visto. Na semana passada vi Tropa de Elite. Nesse fim de semana, fui ao cinema ver Eastern Promises (não sei o nome em inglês e nem se já chegou no Brasil, mas se passa em Londres e é sobre a máfia russa que aqui vive).

Gostei muito dos dois. Gostei muito de Tropa de Elite. Se é fiel à realidade ou não, não sei. Se a intenção era ser fidedignou ou não, não sei. Gostei do filme como filme. O Wagner Moura tá, como sempre, muito bom. O enredo cativa e prende. Querendo ou não, o filme mostra um dos catch 22 mais intrínsecos e escrotos do Brasil atual: A classe média/alta que não agüenta mais violência é a mesma que consome drogas e alimenta o tráfico - que naturalmente gera violência.

O diretor é o mesmo de Ônibus 174. Para quem acha mesmo que Tropa de Elite glorifica o BOPE, vai ver o outro filme, este sim de tom jornalístico e compromissado com a verdade.

Eastern Promises, achei muito bom. Byrifoy achou que faltou aprofundar na questão, mas como eu nunca soube nada sobre máfia russa em Londres, a abordagem foi perfeita. 110 minutos que passam sem piscar.

Mas sobre eu andar violenta, não é nada novo. Aquela velha história de não suportar multidões. Estava andando pelo centro de Londres com Byrifoy sábado à noite. Mais de meia-noite e aquela multidão (bêbada) pelas ruas. Frio, tarde, porra, vão para casa! Um inferno, um inferno. Seduz-me e muito a idéia de passar um tempo no countryside. Por ora, pelo menos mais um mês há de se passar até que eu me aventure por Leicester Square e adjacências novamente. Amigos londrinos que lêem este blog, não me chamem para eventos no centrão. É sério, eu não vou. Não sou palhaça e não fico bêbada.

**

Fora isso, a vida tem cheirado a crisântemos. Estou novamente sentindo vontade de escrever, apesar de estar feliz (porque até agora as duas coisas pareciam inversamente proporcionais). E exatamente um ano se passou e continuo apaixonada. Para comemorar, levei Byrifoy para ver os Shaolin Monks lutando Kung Fu. Adorei o espetáculo. E adorei ver que o presente foi bem escolhido.

No comments: