Monday, October 16, 2006

16 de outubro

Tá, tá. Parem de reclamar. Estou aqui, bem, ou pelo menos viva e tirando um sarro, sempre. Debochada que só. Sobrevivi à semana do cão. Fluoxetina já deita confortável e rola suave nas minhas veias. Até suave demais. Dá um soniiiinho. Mas já estou quase normal. Completamente normal talvez na próxima encarnação. Tenho fé. Não sou uma alma danada.

Um pouquinho, talvez.

**

Hoje, né? Se ele estivesse aqui ainda, eu teria lhe enchido de beijos. Se ele estivesse aqui ainda eu ansearia por ouvir sua voz. Se ele estivesse aqui ainda eu daria um presente, não é todo dia que se faz 94 anos. Se ele estivesse aqui ainda eu lamentaria não estar ao seu lado.

Ele não está mais aqui, mas fiz todas essas coisas mesmo assim. Mandei beijos, anseio por ouvir sua voz, darei-lhe um presente hoje à noite - quietinha, na cama, olhando para a foto mais linda do mundo que me encara toda noite - e lamento não estar ao seu lado. De alguma maneira inexplicavelmente forte ele ainda vive dentro de mim. Enquanto houver memórias, há você, vô. As velinhas já se apagaram todas, mas ainda assim, meu amor, feliz aniversário.

**

Ei, você, você mesmo, don’t you look at me with worried eyes, all I know is I wanna be with you. Que gracinha que ele tava ontem, meu deus do céu. Que merda de cara linda.

Mas tô na minha, tô na minha. Na minha e na de outros, mas não na sua. Só que, olha, a porta tá encostada. Se você tentar abrir, consegue. OLHA A DICA ESCANCARADA COMO VOCÊ GOSTA! Seize it, babe, seize it.

**

O sol brilha. Mas já tá frio. Logo mais o sol já nem esquentará mais e, mais uma vez, tenho que recorrer à lã de cordeiro para me aquecer. Porque se for contar com qualquer outra forma de aquecimento morrerei de hipotermia. E, aqui entre nós, nunca fui de colocar minha vida no calor dos outros. Calor alheio será bem vindo mas, sorry, não insubstituível. No final das contas, sou eu quem aqueço o cobertor que me aquece. Todos os cobertores de nada adiantarão se não houver calor aqui dentro. Vamos lá, força.

No comments: