Saturday, December 04, 2004

ou pra que eh que serve uma cancao como essa?

Nao ha antidepressivo que resista a Adriana Calcanhotto. Mas, serio, eh uma coisa assim simples e poetica. Nao eh aquela depre devastadora. Eh a do tipo inspirador. Estou aqui ouvindo que nada mais importa, nem mesmo os poetas, depois de ter voce. E de repente perdi a urgencia de fazer tudo na hora certa e como manda a boa conduta. Entao eh isso. Aquela depre leve e ideal para nao levar a serio nada que seja tao pequeno que caiba num dia. Uma depre saudavel e necessaria.

Estou aqui de maio esperando a hora em que finalmente vou me convencer de que nao vai dar tempo de nadar antes de ir para East Dulwich, onde vou ver uma casa para a Graca e a Lili morarem. Depois disso devo encontrar a Eri e rolarah um cafezinho necessario, provavelmente em Portobello. Depois eu nao sei, mas tem muitas coisas que quero fazer. Quero lavar minha calca social e COLA-LA (sim, isso, nao sei costurar, todas elas estouraram na b****a, aquela maravilha, e comprei um negocio perfeito, que eh tipo uma cola para roupas descosturadas, e preciso faze-lo urgentemente porque o traje da festa de natal da companhia eh esporte fino. "Smart" como eles chamam). Amanha talvez role um almoco brasileiro com um pessoal. Don't know yet. feijoada nao eh muito minha praia.

E escrevi um pouco ontem. Nao tanto quanto queria, nem do jeito que queria. Desenferrujar-me-ei. Aguardem.

No comments: